sexta-feira, 12 de março de 2010

O Romantismo no Brasil

Esse é o tema de estudo do início do ano letivo e como não poderia deixar de ser,
os alunos produziram um intertexto com o poema "Canção do Exílio" de Gonçalves Dias.

Canção do Exílio/ Gonçalves Dias

Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá,
As aves que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.

Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas tem mais flores,
Nossos bosques tem mais vida,
Nossa vida mais amores.

Em cismar sozinho, à noite
Mais prazer encontro eu lá,
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.
Minha terra tem primores,
Que tais não encontro eu cá;
Em cismar - sozinho, à noite -
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras
Onde canta o Sabiá.

Não permita Deus que eu morra
Sem que eu volte para lá;
Sem que eu desfrute os primores
Que não encontro por cá;
Sem qu'inda aviste as palmeiras
Onde canta o Sabiá.




Produção de alunos em grupo, expressando a visão do Brasil atual:


Minha terra tinha palmeiras / Otávio


Minha terra tinha Palmeiras
Onde cantava o sabia
As belas aves que lá gorjeavam
Hoje choram engaioladas

Nos céus não vejo mais estrelas
Nas várzeas morreram as flores
Desmataram nossos bosques
Acabaram com a vida e seus amores

Em cismar, sozinho, a noite
Pensando onde colocaram os prazeres
Que encontrava lá
Minha terra tinha Palmeiras
Onde cantava o sabia


Minha terra era cheia de primores
Que eu já não encontro mais lá
Em cismar, sozinho, a noite
Só lágrimas eu derramo por lá
Minha terra tinha Palmeiras
Onde cantava o sabia

Não permita Deus que eu morra
Sem que eu volte para lá
Para trazer os prazeres de novo
E desfrutar os primores
Que não encontro por cá
Para cantar de novo minha canção,
Minha terra tem palmeiras
Onde canta o sabia

Meu Brasil sem cores

Minha terra sem palmeiras
Onde morre o sabiá
O Brasil não é o mesmo
A tristeza mora cá

Nosso céu sem estrelas
As pessoas sem amores
Nossos bosques sem vida
Nossa vida sem cores

Em cismar sozinho à noite
Sem prazer encontro eu cá
Minha terra sem palmeiras
Onde morre o sabiá

Minha terra sem primores
Que tais não encontro eu cá
Em cismar - sonho, á noite -
De morar em outro lugar
Minha terra sem palmeiras
Onde morre o sabiá

Não permita Deus que eu morra
Sem que eu possa mudar
Sem que desfrute os primores
De outro lugar
Sem que ainda aviste a beleza
Que não encontro eu cá.


Mayara Ferreira , Francine Rangel e Karen Costa



Canção do Cidadão

Minha favela tem violência,
Onde matam os marginais
Os manos que aqui mandam,
São todos criminais

Nosso chão só tem pobreza,
Nossos córregos poluição,
Roubando nossa vida,
Por causa da corrupção

Em chorar, sozinho, à noite
Não encontro prazer eu cá;
Minha favela tem pobreza,
De onde eu quero me mudar

Minha favela tem gente honesta
Mesmo poucos, encontro eu lá
Em chorar, sozinho, à noite
Não encontro prazer eu cá;
Minha favela tem pobreza,
De onde eu quero me mudar

Não deixe que eu morra,
Sem que eu melhore de vida;
Sem que eu me mude,
Sem que ainda aviste a riqueza
Pra onde eu quero me mudar


Albert, Júlio e Rafael


Canção da Pátria


Aonde anda a paz
Que pelo Brasil tenho procurado?
Não te encontro aqui
E nem por onde tenho olhado

As aves cantarolando
A natureza fazendo revelações
As cores mais lindas
Enchem-nos de emoções

O país não esta perdido
Temos rios e cachoeiras
Animais de todo tipo
E palmeiras gigantescas

Mas nem sempre foi assim
O Brasil tem suas riquezas
As águas de nosso mar
Que enfeitam a natureza

O verde e amarelo
Representam nossos valores
Para nossa pátria orgulhar
E lá fora representar.

Melissa/ Douglas Beltrami e Thais Stefanin






terça-feira, 29 de dezembro de 2009

É tempo de Renovação!



Os fogos anunciam a chegada de um ano novo !
É hora de ter esperança de uma vida melhor , é tempo de refazer seus sonhos ainda não realizados e acreditar que irá concretizá-los, Que esses sonhos possam ser compartilhados pelo bem, E que eles tenham força de transformar velhos inimigos em novos amigos verdadeiros, Que nesse ano possamos abraçar,E repartir calor e carinho, Que isso não seja um ato de um momento,Mas a história de uma vida.
Que nesse ano Deus nos ensine a Paz, e que estejamos todos prontos para ouvir,
Que os nossos erros não sejam o nosso fardo, Mas a experiência para decisões melhores,
Que nesse ano a religião não seja razão para o ódio,e que os inocentes sejam sagrados,
Que as diferenças não justifiquem problemas,Mas que mostrem soluções diferentes,
Que nesse ano toda criança possa brincar,e que elas tenham brinquedos verdadeiros,
Que seus pais não justifiquem discórdia hoje,Mas que falem dos sonhos de um futuro feliz,
Que nesse ano a força seja das boas palavras,e que as palavras sejam ouvidas,
Que o poder não derrube paredes sobre as pessoas,Mas que destrua barreiras entre elas,
Que nesse ano a natureza seja mãe,E que, como filhos, tenhamos por ela o amor e o cuidado devidos,
Que as ações pelo Planeta não sejam assinadas apenas pelas nações que compreendem os problemas,Mas também por aquelas que os causam...
Que nesse ano possamos agradecer,E expressar a Deus e a todos: “Muito Obrigado!”,
Que nesse “todos” não sejam incluídos apenas os amigos,Mas também aqueles que, nos colocando dificuldades, nos deram oportunidades de sermos melhores.
E assim começamos mais um Ano Novo,
Um dia que nasce, um primeiro passo, um longo caminho,
Um desafio, uma oportunidade e um pensamento:
“Que nesse ano sejamos, Todos, Muito Felizes e Realizados!”

FELIZ ANO NOVO!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

FÉÉÉRIAS URRULL !!

Enfim chegou...
O ano escolar acabou, vamos guardar os livros
pegar as malas, ligar para os amigos
marcar aquele progaminha legal
e ir curtir as férias tão esperadas ...

Aproooveitando tuuudo que pudermos ,

pq o ano que veem tem maaiiiis ....

Mas por inquantoo .. SOMBRA E ÁGUA FRESCA,

É o que queremos hehehe!

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

MUDANÇA DE PLANOS

Pois é Galerinha, a chuva atrapalhou nossos planos...
Mas como somos brasileiros e não desistimos nunca rs,
A viagem não foi em vão ,
Fizemos um lindo passeio em
Campinas
- Shopping Parque D. Pedro
- Shopping Serra Azul
E finalizamos nosso Ano Letivo em grande estilo!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

VIVA A SUA VIDA!

O que é sexualidade?

Sexualidade é mais do que o que você faz sexualmente com uma outra pessoa. Ela é um aspecto importante da sua personalidade.A sexualidade é uma combinação de muitas coisas diferentes, incluindo as seguintes:
a pessoa que você acha que é
seu corpo
como você se sente como homem ou como mulher
o modo como você se veste, se move e fala
seu modo de agir
como você se sente em relação a outras pessoas
Esta combinação de coisas contribui para definir você como pessoa. Cada pessoa é uma mistura ligeiramente diferente, e é isto que a torna única. O que é certo para uma pessoa pode não ser certo para uma outra.
Lembre-se sempre de não há nada de errado em esperar até achar que você está preparado para entrar num relacionamento sexual, embora outras pessoas possam tentar pressioná-lo(a). É muito importante você se conhecer bem e dispor de todos os fatos necessários antes de entrar num relacionamento deste tipo.
E você, o que pensa a respeito do assunto?

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Lygia Fagundes Telles e Hilda Hilst




Em pesquisa sobre a biografia das duas escritoras brasileiras, os alunos fizeram algumas descobertas curiosas:

Lygia e Hilda são contemporâneas;
Chegaram a ser amigas;
Nasceram no mesmo mês : Lygia em 19 de abril de 1923 e Hilda em 21 de abril de 1930;
As duas Cursaram Direito.
Para saber mais acesse:
hildahilst.com.br

Poema da escritora Hilda Hilst

Poema V
Hilda Hilst
A Federico García Lorca


Companheiro, morto desassombrado, rosácea ensolarada
quem senão eu, te cantará primeiro. Quem se não eu
pontilhada de chagas, eu que tanto te amei, eu
que bebi na tua boca a fúria de umas água
seu, que mastiguei tuas conquistas e que depois chorei
porque dizias: “amor de mis entrañas, viva muerte”.
Ah! Se soubesses como ficou difícil a Poesia.
Triste garganta o nosso tempo, TRISTE TRISTE.
E mais um tempo, nem será lícito ao poeta ter memória
e cantar de repente:
“os arados van e vên
ende a Santiago a Belén”.

Os cardos, companheiro, a aspereza, o luto
a tua morte outra vez, a nossa morte, assim o mundo:
deglutindo a palavra cada vez e cada vez mais fundo.
Que dor de te saber tão morto. Alguns dirão:
Mas se está vivo, não vês? Está vivo! Se todos o celebram
Se tu cantas! ESTÁS MORTO. Sabes por quê?

“El passado se pone
su coraza de hierro
y tapa sus oídos
con algodón del viento.
Nunca podrá arrancársele
un secreto.”

E o futuro é de sangue, de aço, de vaidade. E vermelhos
azuis, braços e amarelos hão de gritar: morte aos poetas!
Morte a todos aqueles de lúcidas artérias, tatuados
de infância, de plexo aberto, exposto aos lobos. Irmão.
Companheiro. Que dor de te saber tão morto.


O poema acima foi publicado no livro "Poemas aos homens de nosso tempo”,
Ed. Globo, São Paulo - 2003, pág. 109.


domingo, 18 de outubro de 2009

"DIA DOS PROFESSORES"

A Turma do 1ºEM C tem o prazer de homenagear nossos queridos professores, pelo grande dia que passou, o dia 15/Outubro,
o Dia do Professor!


E Ser professor é mais do que uma simples profissão,Ser professor é trabalhar com o coração, é se dar por inteiro, é dividir momentos.E Vocês que aparecem como anjos e em pouco tempo conquistam um lugar no coração de cada um de seus alunos.Com a simpatia, o carisma, as brincadeiras, as broncas e os ensinamentos que vamos levar para sempre.Ser professor não é fácil, ao mesmo que estão ensinando, estão aprendendo também.Palavras são pequenas para demonstrar o enorme carinho que sentimos por vocês, e nessa data tão importante, o DIA DOS PROFESSORES, o dia das pessoas que acreditam em um futuro melhor e por isso estão aqui para ensinar e a praticamente criar os donos do futuro.Desejamos muitas felicidades e que todos os professores do mundo inteiro continue sendo pessoas maravilhosas, determinadas e fortes para que continuem exercendo essa profissão, maravilhosa, pouco valorizada pela sociedade, mas muito reconhecida pelos alunos, que são eternamente gratos pela existência de cada um de nossos professores, que continue exercendo essa profissão por muitos e muitos anos, para que muitos possam aprender com vocês e tenham grandes exemplos de vida.
Autora: Melissa Carvalho aluna do 1ºC

Queremos agradecer a todos os professores do mundo inteiro,
mas em especial aqueles
que convivem com a gente em nosso dia-a-dia!

Obrigado!
1ºEM C

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

INTERVENÇÕES ARTÍSTICAS

Intervenção é interferência, é a transformação que sempre encontra e provoca as pessoas que passam pelo local onde ela está sendo realizada.
Certas intervenções estão inseridas no cotidiano e podem passar despercebidas.
As intervenções postadas aqui são frutos do trabalho das aulas de Arte,
da Profª Maria Angélica e a galera do 1ºC.

video

video

video

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

A MORTE SOCIAL DE NOSSAS ÁRVORES

INFELIZMENTE NOSSA SOCIEDADE VOLTA-SE CADA VEZ MAIS PARA O CONSUMISMO E ESQUECE O QUE DEUS NOS DEU... AS MARAVILHAS DA NATUREZA.

POEMA DA ÁRVORE

As árvores crescem por nós.
E por nós florescem e frutificam.Inicialmente a semente na mão
E depois ...
a vida se desenvolve
Pouco a pouco
Levanta-se do chão
Crescendo as folhas multiplicam-se.Depois, por entre as folhas,
Nasce a beleza das flores,e da beleza das flores...
Começa o espetáculo dos frutos,e dos frutos nasce a esperança das sementes,e as sementes preparam novas árvores....
E tudo sempre por nós
De dia e de noite.
São como os nossos frutos
Os nossos filhos
Devemos educá-los e amá-los Estendem os braços para nós Nas matas, nos bosques, nas florestas e nas cidadesa crescer, florir e a frutificar Virtude vital a viver por nós
O nosso ar purificar
A nossa vida
Salvar
Autor prof. Braga

NO DIA 21 DE SETEMBRO PLANTAMOS UMA PEROBEIRA NA ESCOLA....
QUASE NINGUÉM SABE QUE A PEROBA ROSA É A ÁRVORE SÍMBOLO DE JAHU...
POR QUE SERÁ QUE NÓS NÃO DAMOS O DEVIDO VALOR AOS NOSSOS SÍMBOLOS?
FAÇA UM COMENTÁRIO...

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

OS FALARES DO BRASIL

A Língua Portuguesa falada nas diversas regiões do Brasil, representa uma riqueza cultural que faz do brasileiro um povo privilegiadamente plural.
Este vídeo traz algumas das ínumeras expressões que o nordestino usa no seu cotidiano.
Após ouvi-lo e se deliciar com essa variante da nossa língua, aceite o desafio:
No espaço do comentário, escreva uma expressão que represente tipicamente a sua região, e é claro, o seu significado.
REGRA BÁSICA: não repetir palavras ou expressões.
Lembre de se identificar!!!

video

domingo, 20 de setembro de 2009

Língua - Caetano Veloso

Antes de visitar nossa exposição de fotografias,
ouça a música "Língua" de Caetano Veloso, com a
Participação de Elza Soares.
Pode ser bem divertido!!!!

É so clicar no link abaixo

http://www.youtube.com/watch?v=n2KttEYpURI

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

"O SABOR DA LÍNGUA PORTUGUESA"

1ª Exposição de Fotojornalismo
Com imagens captadas por alunos do 1º "C", retratamos os diferentes sabores que completam a Língua Portuguesa, também tão brasileira.
Visite nossa exposição e deixe seu comentário.
Assista também aos vídeos anexos e descubra outros talentos!


O sabor de descobrir nas entrelinhas...

...para pesquisar
...para escolher...

...em casa, o começo de tudo...para estudar

e para decifrar...



 
Dear Diary Blogger Template